Associação Nacional dos Agentes de Segurança Institucional do MPU e CNMP

PORTARIA DE DILIGÊNCIAS EXTERNAS – OUT 2020

Diante da recente edição da PORTARIA PGR/MPF Nº 871, DE 13 DE OUTUBRO DE 2020, que regulamenta o Serviço de Diligências Externas no âmbito do Ministério Público Federal (SDE), a Associação Nacional dos Agentes de Segurança Institucional do MPU e CNMP (AGEMPU), informa que se
trata de resultado da atual gestão da Secretaria de Segurança Institucional (SSIn) com a enorme colaboração e atuação de grupo de trabalho criado em encontros de agentes de segurança institucional (ASI) viabilizados pelo SindMPU e pela AGEMPU.

A AGEMPU destaca que a atividade finalística de diligência externa é de suma importância em um órgão investigativo e que necessita ser assim entendida e aperfeiçoada por cada ASI.

Portanto, concita os agentes de segurança a observarem o artigo 4º da Portaria que torna obrigatório o uso do SDE, na medida em que a utilização do sistema informatizado tem função de gerar estatísticas para o setor de segurança institucional de cada Unidade.

Ademais, a nova Portaria trouxe avanços em várias áreas, como uma redação mais objetiva e clara em relação à atuação dos agentes de segurança institucional.

Por exemplo, o documento estabelece que a diligência externa passa a ser de execução exclusiva dos agentes de segurança (ver art. 7º, art. 10) e que deve contar com a presença de no mínimo dois agentes (art. 12) o que demonstra o reconhecimento dos riscos bem como a necessidade de parceria e integração entre os diligentes e os servidores detentores de porte de arma.

Na avaliação do coordenador de Formação e Relações Associativas e Sindicais da AGEMPU, Wesley Pereira Resende, “a nova Portaria consolida pleitos antigos da categoria, como por exemplo o reconhecimento da atividade de risco (com necessidade de planejamento da missão), a execução da diligência por no mínimo dois agentes, bem como o uso do SDE para cadastro de relatório de diligências.

Wesley, ressalta que a cooperação foi algo preponderante, pois a administração acolheu propostas relevantes para a padronização da prestação do serviço e valorização da atividade desempenhada pelos agentes de segurança institucional, propostas estas, apresentadas por entidades representativas.

A nova portaria veio ao encontro do iminente acautelamento das armas para os agentes de segurança nos estados.

Em razão destas medidas, os agentes poderão atuar com maior segurança pessoal e jurídica a exemplo da entrega de Notificação de Acordos de Não Persecução Penal, Levantamentos de dados externos, Investigações, dentre outros, finaliza”

Quem somos

Enquete

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Convênios


Associação Nacional dos Agentes de Segurança Institucional do MPU e CNMP
SAF-SUL Quadra 04, Lote 03 - Sala S.04.4
DTI/AGEMPU Brasília - DF
CEP: 70.050.900
Tel: (61)3224-9273 / (61)3223-6707


Por GB Criação de sites